]

wA Sociedade do Anel
Como grandes amigos podem se juntar pra fazer e escrever bobagens!!!


w Membros Honorários
Diego
Eduardo
Fernanda
Gláucia
Juliane
Paulo
Viviane


wArquivos
-- Agora mesmo --


This page is powered by Blogger. Why isn't yours?
wquinta-feira, junho 5


Publicado no meu blog hoje às 12:00:04:

Por todos os motivos do mundo, estou tirando o link do Sociedade aí da coluna do lado. Mas não pretendo apagar o blog - seria apagar uma parte muito importante da minha vida, e uma iniciativa que eu esperava que desse certo.

É duro ver amigos se separando, ainda mais por problemas que, com paciência, boa vontade e UNIÃO poderiam ser resolvidos. Mas, embora as outras partes interessadas não concordem comigo, eu ainda espero assistir a O Retorno do Rei com TODOS à minha volta. Não acho que seja um sonho impossível, e eu tenho todo o direito de me arriscar a quebrar a cara, não é mesmo?

Pessoal (cada um de vocês sabe a quem eu estou me dirigindo), eu amo todos vocês, e torço muito pela felicidade e pelo sucesso de cada um. Podem contar comigo pro que der e vier.

E é isso...


Mais uma bobagem escrita por Nanda às 12:37:00 PM
Vai encarar?




wsegunda-feira, junho 2


Por motivos pessoais, estou removendo meu nome deste blog.
Adeus, e divirtam-se.

Mais uma bobagem escrita por Xaxá - Ô Confeito às 8:15:00 AM
Vai encarar?




wdomingo, junho 1


Contiuando a minha tentativa de suicídio...


Se eu tivesse esse problema, eu falaria com o meu médico!

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 8:51:00 PM
Vai encarar?




wquarta-feira, maio 28


Ainda faltam a Ju, o Eduardo, a Marina e a Rachelzinha.

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 5:34:00 PM
Vai encarar?




w


Tô meio atrasada, mas eu tenho um álibi: Welcome, Gal!

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 5:05:00 PM
Vai encarar?




w


Hehehe, depois de muita luta consegui resolver o problema. Não, o Blogger continua aquela bosta de sempre, mas pelo menos ele atualizou as mudanças no template e eu decidi botar os links pros arquivos manualmente (assim ninguém vai ver o monte de asneira que eu escrevi quando estava criando esse template, e que eu não consegui apagar).

Agora eu espero conseguir escrever normalmente aqui, e voltar a escrever no meu blog, que ficou às moscas por causa desse filhote que eu arrumei. Mas nem se animem muito: eu só volto quando acabarem as provas :-p

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 5:00:00 PM
Vai encarar?




wterça-feira, maio 27


Tá funcionando, Fê.

Mais uma bobagem escrita por Viviane Fontoura às 9:10:00 PM
Vai encarar?




wsegunda-feira, maio 26


SACO!!!

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 6:38:00 PM
Vai encarar?




w


Acho que o Blogger está de palhaçada comigo, só pode estar querendo que eu acabe com esse blog. Os arquivos não funcionam, o template não atualiza ou então some, só me dá problema. Eu tentei criar um blog novo pra ficar no lugar desse, mas ele também não pára de aprontar. E no Blogger.com.br o nome sociedade já está tomado por um garoto que nem escreve mais no blog, e que não deixou nem o e-mail pra eu poder encher o saco dele pra liberar a url.

*desperate mode*

O que que eu faço?

*desperate mode*

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 6:24:00 PM
Vai encarar?




wsábado, maio 24


Como um dos membros fundadores da infame Sociedade, eu sinceramente acho que não existe coisa pior do que perder a confiança em um amigo. E, mais uma vez, eu estou passando por esta situação. Por isso, Fê, Diego, Vicky, Juliane, Eduardo, Rachel e Marina, eu prefiro não escrever muito neste blog. Eu acho que meu espírito atualmente não está tão animado para fazer parte dele. E tenho certeza absoluta de que a crise da Sociedade não será resolvida a contento de todos.

Mais uma bobagem escrita por Gl�ucia às 10:40:00 PM
Vai encarar?




w


I'm here too.

Mais uma bobagem escrita por Gl�ucia às 10:35:00 PM
Vai encarar?




wsexta-feira, maio 23


Sejam bem vindos, Paulo, Diego e Vivi!!!

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 4:41:00 PM
Vai encarar?




w


O link pro Sociedade já está no AF :)

Mais uma bobagem escrita por Viviane Fontoura às 12:26:00 PM
Vai encarar?




w


E agora quem está testando sou eu! Cheguei, povo!

Mais uma bobagem escrita por Viviane Fontoura às 1:03:00 AM
Vai encarar?




wquinta-feira, maio 22


mais um teste

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 12:17:00 AM
Vai encarar?




w


outro teste

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 12:10:00 AM
Vai encarar?




wquarta-feira, maio 21


Eu brinco, brinco e brinco.........mas a verdade é que eu tenho muito orgulho de participar deste grupo....DE AMIGOS.

Mais uma bobagem escrita por Diego às 11:53:00 PM
Vai encarar?




w


Grande texto emprestado da Lau, que por sinal faz 19 anos hoje! Feliz aniversário, ovelhinha negra!

Existem várias lendas sobre a origem da Mulher. Uma diz que Deus pôs o primeiro homem a dormir, inaugurando assim a anestesia geral, tirou uma de suas costelas e com ela fez a primeira mulher. E que a primeira provação de Eva foi cuidar de Adão e agüentar o seu mau humor enquanto ele convalescia da operação. Uma variante desta lenda diz que Deus, com seu prazo para a Criação estourado, fez o homem às pressas, pensando "Depois eu melhoro", e mais tarde, com o tempo, fez um homem mais bem-acabado, que chamou Mulher, que é "melhor" em aramaico. Outra lenda diz que Deus fez a mulher primeiro, e caprichou nas suas formas, e aparou aqui e tirou dali, e com o que sobrou fez o homem só para não jogar barro fora. Zeus teria arrancado a mulher de sua própria cabeça. Alguns povos nórdicos cultivam o mito da Grande Ursa Olga, origem de todas as mulheres do mundo, o que explica o fato de as mulheres se enrolarem periodicamente em pêlos de animais, cedendo a um incontrolável impulso atávico, nem que seja só para experimentar, na loja, e depois quase desmaiar com o preço. Em certas tribos nômades do Meio Oriente ainda se acredita que a mulher foi, originariamente, um camelo, que na ânsia de servir seu mestre de todas as maneiras, foi se ransformando até adquirir sua forma atual. No Extremo Oriente existe a lenda de que as mulheres caem do céu, já de kimono. E em certas partes do Ocidente persiste a crença de que mulher se compra através dos classificados, podendo- se escolher idade, cor da pele e tipo de massagem. Todas estas lendas, claro, têm pouco a ver com a verdade científica. Hoje se sabe que o Homem é o produto de um processo evolutivo que começou com a primeira ameba a sair do mar primevo, e é o descendente direto de uma linha específica de primatas, tendo passado por várias fases até atingir o seu estágio atual - e aí encontrar a Mulher, que ninguém ainda sabe de onde veio. É certamente ridículo pensar que as mulheres também descendem de macacos. A minha mãe, não! Uma das teses mais aceitáveis sobre o papel da mulher na evolução do homem é a de que o primeiro encontro entre os dois se deu no período paleolítico, quando um homo-sapiens mas não muito, chamado, possivelmente, Ugh, saiu para caçar e avistou, sentado numa pedra penteando os cabelos, um ser que lhe provocou o seguinte pensamento, em linguagem de hoje: "Isso é que é mulher e não aquilo que tenho na caverna". Ugh aproximou-se da mulher e, naquele seu jeitão, deu a entender que queria procriar com ela. "Agh maakgrom grom", ou coisa parecida. A mulher olhou-o de cima a baixo e desatou a rir. É preciso lembrar que Ugh, embora fosse até bem apessoado pelos padrões da época, era pouco mais do que um animal aos olhos da mulher. Tinha a testa estreita e as mandíbulas pronunciadas e usava gordura de mamute nos cabelos. A mulher disse alguma coisa como "Você não se enxerga, não?" e afastou-se, enojada, deixando Ugh desolado. Antes dela desaparecer por completo, Ugh ainda gritou "Espera uns 10 mil anos pra você ver!", e de volta à caverna exortou seus companheiros a aprimorarem o processo evolutivo. Desde então, o objetivo da evolução do homem foi o de proporcionar um par à altura para a mulher, para que, vendo o casal, ninguém dissesse que ela só saía com ele pelo dinheiro, ou para espantar assaltantes. Se não fosse por aquele encontro fortuito em alguma planície do mundo primitivo, o homem ainda seria o mesmo troglodita desleixado e sem ambição, interessado apenas em caçar e catar seus piolhos, e um fracasso social. Mas de onde veio a primeira mulher, já que podemos descartar tanto a evolução quanto as fantasias religiosas e mitológicas sobre a criação? Inclino-me para a tese da origem extraterrena. A mulher viria (isto é pura especulação, claro) de outro planeta. Venho observando-as durante anos e julgo ter colecionado provas irrefutáveis de que elas não são deste mundo. Observei que elas não têm os mesmos instintos que nós, e volta e meia são surpreendidas em devaneio, como que captando ordens de outra galáxia, embora disfarcem e digam que só estavam pensando no jantar. Têm uma lógica completamente diferente da nossa. Ultimamente têm tentado dissimular sua peculiaridade, assumindo atitudes masculinas e fazendo coisas - como dirigir grandes empresas e xingar a mãe do motorista ao lado - impensáveis há alguns anos, o que só aumenta a suspeita de que se trata de uma estratégia para camuflar nossas diferenças, que estavam começando a dar na vista. Quando comentamos o fato, nos acusam de ser machistas, presos a preconceitos e incapazes de reconhecer seus direitos, ou então roçam a nossa nuca com o nariz, dizendo coisas como "ioink, ioink" que nos deixam arrepiados e sem argumentos. Claramente combinaram isto. Estão sempre combinando maneiras novas de impedir que se descubra que são alienígenas e têm desígnios próprios para a nossa terra. É o que fazem quando vão, todas juntas, ao banheiro, sabendo que não podemos ir atrás para ouvir. Muitas vezes, mesmo na nossa presença, falam uma linguagem incompreensível que só elas entendem, obviamente um código para transmitir instruções do Planeta Mãe. E têm seus golpes baixos. Seus truques covardes. Seus olhos laser, claros ou profundamente escuros, suas bocas. Meu Deus, algumas até sardas no nariz. Seus seios, aqueles mísseis inteligentes. Aquela curva suave da coxa quando está chegando no quadril, e a Convenção de Genebra não vê isso! E as armas químicas - perfumes, loções, cremes. São de uma civilização superior, o que podem nossos tacapes contra os seus exércitos de encantos? Breve dominarão o mundo. Breve saberemos o que elas querem.

Se depois de sair este artigo eu for encontrado morto com sinais de ter sido carinhosamente asfixiado, como um sorriso, minha tese está certa. Se nada me acontecer, é sinal de que a tese está certa, mas elas não temem mais o desmascaramento. O que elas querem, afinal? Se a mulher realmente veio ao mundo para inspirar o homem a melhorar e ser digno dela, pode ter chegado à conclusão de que falhou, que este velho guerreiro nunca tomará jeito. Continuaremos a ser mulheres com defeito, uma experiência menor num planeta inferior. O que sugere a possibilidade de que, assim como veio, a mulher está pronta a partir, desiludida conosco. E se for isso que elas conspiram nos banheiros? A retirada? Seríamos abandonados à nossa própria estupidez. Elas levariam as suas filhas e nos deixariam com caras de Ugh. Posso ver o fim da nossa espécie. Nossos melhores cientistas abandonando tudo e se dedicando a intermináveis testes com a costela, depois de desistir da mulher sintética. Tentando recriar a mágica da criação. Uma mulher, qualquer mulher, de qualquer jeito. Prometemos que desta vez não as decepcionaremos. Uma mulher! Como é que se faz uma mulher?


(Autor desconhecido e maluco por mulher, é claro!)

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 11:49:00 PM
Vai encarar?




w


Ok Fernanda, estou aqui!
Mas se tiver template muito gay, com muito ursinho, vai ter fight: mato ou morro (eu fugindo da sua surra pro mato ou pro morro, he he)!

Mais uma bobagem escrita por Xaxá - Ô Confeito às 11:46:00 AM
Vai encarar?




w


Bom dia todo mundo!!!

Era pra ser boa madrugada, mas na hora em que eu postei as minhas boas vindas o meu computador travou e eu fiquei sem internet, então vamos recomeçar.

Finalmente, depois de quase um ano de enrolação, eu consegui deixar o blog da Sociedade do jeito que eu queria. Se os meninos reclamarem que o meu template é muito gay e vou dar neles, porque acho que eles sabem muito bem que eu não estou fazendo propaganda do Ursinho Puf, e sim mostrando uma turminha de amigos unidos que jamais serão vencidos.

Talvez essa não seja uma boa hora pra começar este blog - afinal, a Sociedade está passando por mais uma crise. Mas eu espero sinceramente que esta crise passe e fique tudo bem. Longe de mim querer forçar alguém a tomar uma atitude que não quer. Mas eu não posso negar que ficaria muito, mas muito feliz mesmo, se tudo voltasse a ser como antes. Existem poucas coisas tão ruins quanto o fim de uma amizade, e eu digo isso porque já passei por separações bem traumáticas.

Como administradora do site (vê que chique!!!) eu convidei um bocado de gente que eu achei que devia. Chamei o Diego, porque, embora tire onda com a cara da gente dizendo que o anel dele não faz parte de sociedade nenhuma, ele já é membro por usucapião. Convidei a Marina, que já manifestou o desejo de fazer parte da dita cuja sociedade, só falta uma cerimônia oficial de iniciação. Chamei a Rachelzinha por desencargo de consciência, mas eu acho que a única chance de ela escrever nesse blog é se os professores dela forem subitamente acometidos de pneumonia asiática e morram. Espero que isso ou qualquer coisa parecida aconteça, pra ela poder se juntar ao time. Eu até queria chamar o Júnior, mas infelizmente eu não tenho o e-mail dele. Vivi, help!!!

Sugestões de amigos a serem incluídos, favor mandar pro meu e-mail. Espero que este blog dê certo e que todo mundo escreva nele. Tá meio difícil, porque o povo não tá achando tempo nem pra escrever nos seus próprios blogs, mas podemos tentar, né?

Beijos pra toda a turma, e saudações aos malucos que escolherem a pílula vermelha e resolverem acompanhar esse blog-hospício.

Welcome to the Matrix :-)

Mais uma bobagem escrita por Nanda às 9:45:00 AM
Vai encarar?